• Postado em: 27 de abril de 2020

Prefeito Roberto Cláudio anuncia criação de rede de apoio psicossocial para profissionais da saúde


O prefeito Roberto Cláudio realizou, na sexta-feira (24/04), mais uma transmissão ao vivo nas redes sociais atualizando a população sobre as ações executadas ao longo do dia. Primeiramente, destacou que em reunião remota com o secretariado, procurou integrar as ações dos órgãos municipais, avaliar o que está sendo feito e discutir novas iniciativas que devem ser colocadas em práticas a partir de maio.

Um exemplo dessas ações é a criação de uma rede de apoio psicossocial para os profissionais da saúde, que terá a frente a primeira-dama de Fortaleza, Carol Bezerra. “A ideia é colocar uma central com psicólogos e assistentes sociais ajudando com recomendações, sugestões, consultas à distância e apoio às pessoas que trabalham na saúde e estejam sobrecarregadas, até mesmo pela longa carga horária”, explicou.

Outra reunião ao longo do dia teve como intuito atualizar os números de prevenção e assistência ao coronavírus. Conforme Roberto Cláudio, dos 50 leitos de Terapia Intensiva do Instituto Dr. José Frota 2 (IJF 2), 46 já estavam ocupados. O hospital de campanha do Estádio Presidente Vargas tem previsão de 100 pacientes internados até o início da próxima semana.

“Alguns pacientes já foram entubados no Hospital do PV, outros tiveram o quadro agravado e foram transferidos a tempo para o IFJ 2, que já recebeu mais de 100 pacientes ao todo e 22% ja teve alta”, ressaltou o prefeito.

Roberto Cláudio também enfatizou a possibilidade dos testes de oxímetro de pulso, que mede a saturação de oxigênio no sangue e indicam como está a função pulmonar. Cerca de 300 equipamentos já foram disponibilizados nos postos de saúde da capital e auxiliam a ter um diagnóstico mais rápido, mesmo que os sintomas gripais sejam mais brandos, evitando que os pacientes tenham atendimentos de urgência e emergência com quadros graves.

Colaboração com igrejas

O prefeito Roberto Cláudio também teve uma reunião, nesta sexta-feira, com líderes de igrejas evangélicas diversas. Ele afirma contar com o empenho e o envolvimento das instituições para garantir uma comunicação eficaz com a população, estimulando o cumprimento do isolamento social e da procura precoce pelo atendimento em saúde para pacientes sintomáticos. “As igrejas têm um papel importantíssimo de convencimento educação formação de opinião e não tenho dúvida que faremos chegar essas informações na ponta, na comunidade

Na tarde deste sábado (25/04), o Prefeito também deve se reunir com líderes de igrejas católicas, incluindo arcebispo de Fortaleza, Dom José Antônio. O gestor ressaltou, ainda, a importância da apresentação de dados atualizados e das preocupações da prefeitura, garantindo uma comunicação eficiente.

Comunidades

Para este sábado, estão previstas cinco reuniões virtuais entre o prefeito Roberto Cláudio, líderes comunitários, agentes de saúde, conselhos regionais de saúde e profissionais da atenção primária. As reuniões terão foco nas regiões de maior ocorrência de óbitos da cidade, e o gestor deve, além de apresentar dados epidemiológicos atualizados, conquistar o engajamento das lideranças para o cumprimento do isolamento social e para a orientação pela busca precoce pelos serviços de saúde em caso de sintomas gripais.

As regiões de maior risco citadas englobam o eixo Pirambu, Álvaro Weyne, Monte Castelo, Cristo Redentor e Barra do Ceará; Mucuripe, Vicente Pinzón e Serviluz; Aerolândia, Alto da Balança, Lagamar, São João do Tauape e Joaquim Távora; José Walter, Planalto Ayrton Senna e Cidade Jardim; e Bom Jardim, Granja Lisboa, Granja Portugal e Siqueira.