• Postado em: 2 de abril de 2020

Prefeito Roberto Cláudio anuncia conjunto de medidas de proteção social e alimentar para fortalezenses


O prefeito Roberto Cláudio anunciou, na manhã desta quinta-feira (02.04), um novo conjunto de medidas de proteção social e alimentar que amplia para 341 mil o número de beneficiados com kits alimentares, incluindo, assim, novo público em situação de vulnerabilidade social.

Em sua fala, transmitida por redes sociais, o prefeito Roberto Cláudio destacou outras iniciativas, como a ampliação de kits alimentares para 50 mil alunos da rede municipal de ensino, em maior situação de vulnerabilidade social, além da substituição no processo de distribuição de refeições que, diariamente, chegam a 2.050 cadastrados no programa de alimentação popular. A partir de hoje, esses usuários receberão uma cesta básica em seus domicílios.

“Esta é uma ação de proteção social e alimentar, principalmente para as famílias mais vulneráveis de Fortaleza, que vai garantir uma questão básica de sobrevivência, que é a comida em casa. Com a ação da entrega dos kits escolares, já foram beneficiadas 203 mil famílias e esta nova beneficiará um conjunto de 341 mil famílias mais vulneráveis de Fortaleza”, declarou o Prefeito.

As 138 mil novas famílias que receberão a cesta básica são registradas como beneficiárias do Programa Bolsa Família, mas ainda não recebiam o kit alimentar, por não terem filhos nas escolas, por serem muitos jovens ou por não estarem em idade escolar.

Os novos kits serão entregues por dois meses, abril e maio. Após esse período, será feita uma nova avaliação para saber da necessidade de manutenção ou não. Os kits escolares, que terão uma segunda entrega a partir de 20 abril, serão disponibilizados enquanto não houver aulas nas escolas municipais.

Ampliação em itens alimentares dos 50 mil alunos mais vulneráveis

Outro anúncio do prefeito Roberto Claudio foi a ampliação em alguns itens do kit de alimentação para os 50 mil alunos da rede municipal em maior situação de vulnerabilidade social. “Como temos um material da merenda escolar, de proteína e derivados do leite, que não foi utilizado nas escolas, nós vamos escolher 50 mil famílias, com base em critério de maior vulnerabilidade, que irão receber, além do kit alimentação padrão, esse kit adicional composto de diversos itens”, completou o prefeito.

Com objetivo de trazer maior transparência, os critérios definidos pela Prefeitura para recebimento são: estar no Cadastro Único; ser criança com deficiência ou ser um aluno de educação de jovens e adultos, acima de 60 anos de idade.

Mudança na entrega de alimentação popular diária

Buscando evitar aglomerações da população, durante a entrega de 2.050 refeições diárias para pessoas cadastradas no Restaurante Popular, o prefeito Roberto Cláudio informou que haverá substituição das quentinhas por cestas básicas que serão entregues “Dado o grande risco durante a entrega delas, pelo acúmulo de pessoas em fila, vamos fazer essa substituição, diminuindo risco de contaminação”, explicou.