• Postado em: 20 de março de 2020

Prefeito Roberto Cláudio coordena nova reunião do Comitê Municipal de Enfrentamento ao Coronavírus


O prefeito Roberto Cláudio coordenou, nesta quarta-feira (18/03), nova reunião entre membros do Comitê Municipal de Enfrentamento ao Coronavírus. A iniciativa visa à execução estratégica e ao monitoramento de ações emergenciais de combate à Covid-19 em Fortaleza.

Na ocasião, foram continuadas as discussões acerca de medidas preventivas e assistenciais. O intuito é reduzir o contágio e potencializar a atenção adequada diante de demandas prioritárias. “De forma alinhada ao Governo do Estado do Ceará, estamos buscando manter a população informada para reduzir a disseminação do novo coronavírus. Além disso, estamos preparando a Rede de Saúde para as próximas semanas, período em que deverá haver um aumento no número de casos e, consequentemente, maior demanda pelos serviços”, declarou o Prefeito.

Nessa perspectiva, a Prefeitura de Fortaleza anunciou novidades em relação à convocação de novos médicos. “Nós assinamos hoje, em parceria com o Governo do Estado, o contrato do programa Médico Família Fortaleza. A partir do dia 26 de março, 100 novos médicos irão fortalecer a Atenção Primária e serão destinados aos Postos de Saúde com carência profissional em suas equipes”, afirmou Roberto Cláudio.

Distribuição de medicamentos de uso contínuo

Visando à proteção dos grupos de risco, compostos prioritariamente por idosos, o Gestor apresentou, ainda, nova logística de distribuição de medicamentos de uso contínuo, direcionados à Atenção Primária e Psicossocial. “Aos pacientes acima de 80 anos, garantiremos o procedimento de entrega domiciliar no ato da vacinação. Isto vale para os medicamentos dos Postos de Saúde e dos Centros de Atenção Psicossocial Caps). Os remédios de uso psiquiátrico são objeto de resolução Federal. Por isso, estamos fazendo uma força-tarefa de prescrição de medicamentos, com estoque para 60 dias”, anunciou.

21 Postos de Saúde funcionam neste fim de semana

Objetivando ampliar a assistência médica, a Prefeitura de Fortaleza garantirá, neste sábado (21/03) e domingo (22/03), o funcionamento de 21 Postos de Saúde estrategicamente distribuídos por todas as Regionais da Cidade.

Veja quais:

Regional I: Carlos Ribeiro e Floresta
Regional II: Irmã Hercília, Rigoberto Romero, Miriam Porto Mota, Flávio Marcílio e Sandra Nogueira
Regional III: Anastácio Magalhães e Licínio Nunes
Regional IV: Luís Costa e Parangaba
Regional V: Maciel de Brito, Paracampos, José Walter, Argeu Herbster e Ronaldo Albuquerque
Regional VI: Messejana, Melo Jaborandi, Alarico Leite, Jangurussu e Edmar Fujita

Os atendimentos acontecerão das 8h às 17h e cada Unidade terá à disposição duas equipes completas do Programa Saúde da Família (PSF). “Isso será possível graças à sensibilidade dos profissionais e dos gestores de Saúde movidos pelo sentimento solidário e humanista”, agradeceu o Prefeito.

Ações de Assistência Social

Além de deliberar acerca do Plano de Contingência estipulado para os próximos dias, a Prefeitura de Fortaleza anunciou ações direcionadas à assistência social. “A exemplo da vacinação domiciliar contra a gripe para pacientes acima de 80 anos de idade, faremos uma vacinação específica às pessoas que vivem em situação de rua. Além disso, há um Refeitório Social no Centro da Cidade, um espaço de aglomeração simultânea na hora das refeições. Pensando em evitar contaminação, providenciamos quentinhas para fazer, ao longo de algumas horas, a distribuição em mãos”, detalhou o Roberto Cláudio, adiantando, ainda, que campanhas educativas estão previstas para os próximos dias.

Paralelamente, em virtude da suspensão temporária das aulas na Rede Municipal de Ensino, a Prefeitura de Fortaleza irá fortalecer e garantir a continuidade do Projeto Ponto de Encontro. “Queremos minimizar o risco de que crianças andem pelas ruas da Cidade e se exponham a riscos, principalmente em horário escolar. Iremos fiscalizar para diminuir o risco de contaminação nesse período de suspensão das aulas, recomendando os cuidados às famílias e estimulando esse mesmo papel por parte do Conselho Tutelar, que deverá atuar para diminuir a incidência de assédio e de abuso”, declarou o Gestor.

Coletiva de imprensa

A exemplo da decisão Estadual, as atividades educacionais estão suspensas na Rede Municipal de Ensino por 15 dias. Nessa perspectiva, a Prefeitura de Fortaleza irá anunciar, em coletiva de imprensa, alternativas para assegurar a logística de alimentação dos alunos. “Faremos a entrega de um kit com produtos alimentícios para vários dias. A distribuição acontecerá de forma a evitar oportunidade de transmissão do vírus. O processo será detalhadamente explicado na próxima sexta-feira (20/03), no Paço Municipal”, adiantou o Prefeito.

Isolamento social

Para controlar a disseminação do novo coronavírus, Roberto Cláudio destacou a importância da união de esforços e do bom senso da população em relação às condutas preventivas adequadas. “Lavar as mãos, limpar superfícies, evitar celebrações efusivas e entender que há mensagens que precisam ser entendidas e disseminadas são pontos fundamentais. A prevenção é tarefa de cada um de nós. Evitem compartilhar fake news. Adultos que estão em quadros gripais, de febre e tosse, ao entrar em quadro de falta de ar, procurem o serviço de saúde”, orientou.

O Prefeito recomendou, ainda, isolamento social ao longo dos próximos quatro dias. “Em virtude do feriado de São José, que acontece nesta quinta-feira, e do ponto facultativo na sexta, teremos uma bela oportunidade de evitar a transmissão do coronavírus no momento em que ele está crescendo. Este não é um momento de lazer nem de entretenimento. A quebra dessa regra pode representar uma perspectiva mais grave do ponto de vista epidemiológico na Cidade”, alertou.

Assistência telefônica

Estão disponibilizadas informações por meio do Telessaúde para evitar aglomerações desnecessárias em equipamentos de saúde pública. “O governador Camilo Santana fez uma live esclarecedora das ações do Governo do Estado. Estamos somando esforços e trabalhando de maneira coordenada. O Governo passou a fazer funcionar, por meio do número 0800 275 1475, um teleatendimento para tirar dúvidas e conduzir o fluxo de pacientes a partir dos sintomas apresentados”, finalizou.