• Postado em: 11 de março de 2020

SMS recebe novos residentes de saúde na rede de atenção primária


Novos médicos residentes e profissionais de nível superior foram acolhidos nesta quarta-feira (11/03) pela equipe da Coordenadoria de Educação em Saúde, Ensino, Pesquisa e Programas Especiais (Coeppe). O encontro, que aconteceu na Escola de Saúde Pública, também contou com a presença do coordenador de Redes de Atenção Primária e Psicossocial Rui de Gouveia.

Os profissionais atuarão nas UAPS e CAPS da rede municipal. Dos 36 profissionais, 20 são médicos residentes na área da medicina de família e comunidade. Os outros 16 profissionais possuem formação de nível superior divididos nas áreas de enfermagem, odontologia, psicologia, assistência social e terapia ocupacional.

Residência em saúde

O programa de residência, organizado pelo Ministério da Educação, não possui vínculo empregatício e tem duração de dois anos. A residência médica é uma modalidade de ensino de pós-graduação destinada a médicos, sob a forma de curso de especialização. Funciona em instituições de saúde, sob a orientação de profissionais médicos de elevada qualificação ética e profissional, sendo considerada o “padrão ouro” da especialização médica.